Aparições

História do inicio das aparições

No ano de 1991, em um retiro de carnaval da Renovação Carismática Católica, realizado no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, o jovem Eurípedes Antônio Batista Pinto, natural de Ceres (GO), então com 29 anos, viu o ginásio tornar-se numa grande coroa de brilhantes sobre a qual surgiu Nossa Senhora, dizendo:

"Eu sou Maria, a Mãe de Jesus e vossa Mãe; quero vos comunicar que este ano estareis comigo em Medjugorje, pois tenho muito a vos dizer."

Eurípedes ponderou que não tinha condições financeiras para tal viagem, pois largara tudo, família e trabalho, para servir a seu Filho Jesus.

Olhando dentro de seus olhos, Nossa Senhora falou:

"Não vos preocupeis. As portas vão se abrir. Não vos preocupeis."

E desapareceu. Mas logo depois ditou, por locução interior, uma carta para o Eurípedes entregar a um jovem, presente àquele retiro. Ele nem o conhecia; a Mãe do Céu, sim. Após receber a carta, o jovem começou a chorar - tratava-se de um chamado à sua vocação sacerdotal....

Quando o retiro estava por terminar, Eurípedes pediu a Nossa Senhora uma confirmação de tudo o que havia acontecido, então Ela lhe respondeu por locução interior:

"Sou eu mesma, meu filho, A Rainha da Paz. Venho vos dizer que nada temais, pois Eu e Meu Filho estamos ao vosso lado, a todo momento. Para que creiais, deixar-vos-ei um sinal ainda hoje......

Ao sair do Maracanãzinho, olhando para o Céu, Eurípedes viu o sol girando e pulsando várias vezes e por locução interior, ouviu Nossa Senhora lhe dizer:

"Eis o sinal que vos envio. Crede e esperai minha chamada."

Indo para Teresópolis foi marcado um retiro para o mês de maio, para homenagear a Mãe de Jesus. Nessa oportunidade, Eurípedes conheceu Irmã Francisca Nogueira Soares, Franciscana Missionária de Maria. Essa religiosa de São Paulo faleceria em agosto do mesmo ano, vítima de trânsito. Esse breve tempo foi suficiente, no entanto, para transmitir ao Eurípedes um grande apoio e o exemplo de muita santidade.

Foi por essa religiosa que Ito Luiz compareceu àquele retiro, no decorrer do qual esse jovem de Cuiabá tivera um sonho em que Nossa Senhora lhe dizia para levar o Eurípedes a Medjugorje. E assim foi. - Os pais do jovem custearam toda a viagem até a pequena localidade da Iugoslávia, onde acontecem as mais prolongadas aparições marianas - desde 1981 Nossa Senhora aparece diariamente a seis jovens.

Viajando com um grupo de Brasília, pelo Comitê Rainha da Paz, Eurípedes e Ito Luiz chegaram a Roma.

Depois da Santa Missa celebrada pelo Padre Hugo Ferreira, de Rio Grande (RS), seguiram para Medjugorje, onde foram recebidos com fraterna alegria. Na igreja de São Tiago, participaram de missa em croata e tiveram entrevistas com os videntes em suas casas.

No dia 25 de Junho de 1991, completando-se dez anos de aparições, uma grande multidão subia a montanha de Podbrdo, lugar pedregoso, cheio de espinheiros. Eurípedes não conseguiu chegar ao topo junto aos videntes, por isso acomodou-se a meio caminho e aguardou em oração.

Os carneirinhos começaram a balir, mas quando Nossa Senhora apareceu, eles se calaram e um suave perfume tomou conta do lugar. O povo cantava o hino universal: - "Glória, glória nas alturas......" Tomado então por uma visão, Eurípedes caiu de joelhos - viu a Mãe de Jesus chegando sobre as nuvens. Nunca vira nada igual: Nossa Senhora, em vestes belíssimas, estendeu as mãos sobre os presentes e falou com os videntes.

Eurípedes não ouviu o que Ela dizia, mas percebia que seu semblante não estava de todo alegre. Por fim, a Mãe de Jesus recebeu um buquê de flores, despediu-se e partiu para o Céu.
Chegando no hotel, Eurípedes perguntou aos do grupo o que tinham visto e eles disseram que depois que os videntes haviam caído de joelhos, um deles, a Marija, apresentou um buquê a Nossa Senhora. Confirmou-se então a visão, embora seus olhos não tivessem alcançado o local onde acontecia a aparição.

No dia seguinte Padre Tomislav Vlassic falou aos peregrinos. Nossa Senhora estava muito feliz por serem tantos os que tinham vindo visitá-la e estendendo as mãos sobre os presentes, fez a mais longa oração destes dez anos de aparições:

"Queridos filhos, hoje, no grande dia em que me presenteastes, desejo abençoar a todos e dizer-vos que estes dias, enquanto estou convosco, são dias de graças. Desejo ensinar e ajudar-vos a caminhar pela estrada da santidade.

São muitos os que não querem entender minhas mensagens e aceitar com seriedade o que Eu digo. Por isso convido-vos e rezo para que, com vossas vidas e no dia a dia, testemunheis a minha presença. Obrigada por terdes correspondido às minhas mensagens. Se rezardes Deus vos ajudará a descobrir a verdadeira razão da minha vinda. Por isto, filhos, rezai e lede a Bíblia, para que através da minha vinda, possais descobrir na Sagrada Escritura, a mensagem para vós. Obrigada por terdes respondido à minha chamada."

Depois de mensagens tão lindas, Eurípedes dirigiu-se à montanha para orar e pedir à Virgem Maria que lhe desse as ordens para realizar seu trabalho.
Em seguida ouviu uma voz lhe dizer:

"Querido filho, eis que vos trouxe aqui para indicar o caminho a todos de vossa nação. Vou aparecer em uma cidade do interior de Rio de Janeiro para vos transmitir minhas mensagens." Perguntando quando isto se daria, a Virgem lhe respondeu:

"No momento exato, aparecerei a vós e direi a data, o local e o porquê das aparições. Quero que vos ajoelheis e pegueis uma pedra no chão. Nela há um desenho. É neste lugar que vos quero, até a segunda mensagem."

A pedra mostrava uma mão com o dedo indicador para cima - era o "Dedo de Deus", conhecida formação rochosa da Serra de Teresópolis!

Após deixar Medjugorje, o grupo de brasileiros foi barrado na fronteira - a guerra começara. Então ele percebeu porque a Virgem Maria tinha a feição apreensiva, embora o dia fosse de festa.
Em Roma a guerra iugoslava já era manchete nos jornais.

Os peregrinos brasileiros visitaram Rocaporema de Santa Rita de Cássio, Assis de São Francisco, Loreto onde a pequena casa da Sagrada Família, foi inexplicavelmente transportada e em Roma, foram recebidas em audiência pelo Santo Padre João Paulo II.

O grupo regressou ao Brasil, mas Eurípedes e Ito Luiz ainda visitaram outros países europeus.
De volta, Eurípedes mudou-se de Campinas para Teresópolis, como Maria havia pedido e começou a rezar o terço nas casas das famílias, visitar hospitais e abrigos de velhos, seguindo a Pastoral da Saúde.

Quando as casas já não comportavam as pessoas que vinham para a reza do terço, Nossa Senhora instruiu Eurípedes, por locução interior, para rezá-lo na matriz de Santa Tereza.
Como missionário leigo, Eurípedes viajou para São Paulo e quando rezava o terço em Osasco na casa de uma senhora que é zeladora da Terra Santa, Nossa Senhora lhe apareceu admiravelmente vestida de branco e lhe disse:

"Querido filho, chegou o grande momento da aparição em que falarei a muitos. Venho em socorro desta nação. Vou aparecer em uma pequena cidade do interior do Estado do Rio: São Sebastião do Alto, para contrabalançar os pecados de São Sebastião do Rio de Janeiro, a cidade mais pecaminosa do Brasil.

Subi a montanha e encontrareis um espinheiro, e a árvore ao lado florirá no momento de minha aparição, virei sobre uma grande nuvem. Uma brisa me anunciará com meu perfume materno. Estarei esperando por vós no dia 23 de Maio, para vos comunicar minhas mensagens."
De volta a Teresópolis, Eurípedes convidou três pessoas para o acompanharem ao lugar indicado pela Mãe de Jesus.

Podcast

Nenhum Podcast encontrado para hoje.

Rede sociais

Bíblia On-line

Seja guardião Doações
© Comunidade Mãe Rainha Estrela da Manhã
Todos os direitos reservados - 2011-2013